Não há nada pior do que acordar de manhã e estar tanto frio que nem apetece sair da cama. Acredite que para nós também é um verdadeiro problema. No entanto, temos a solução ideal para si.
O primeiro ponto que deve ter em consideração é localizar as possíveis entradas de ar que a sua casa tem. Muito frequentemente material mais barato ou mais antigo são a causa deste problema.
Normalmente existem quatro pontos de entrada de ar: pavimento, janelas, portas e isolamento das paredes.

andar-confortavelmente-pela-sua-casa-descalco_1__1_.jpg

1. Pavimento

Se a sua casa tem um pavimento frio como por exemplo cerâmica ou porcelana deve sentir este problema todos os invernos, ou seja, sensação de frio e humidade constante até mesmo nos dias mais amenos.
O pavimento é também um isolamento térmico que, quando aplicado de forma correta e com o material indicado, proporciona um maior conforto à sua casa. Neste sentido, sugerimos um pavimento flutuante como por exemplo um pavimento laminado ou vinílico que oferecem tanto o aspeto como a textura da madeira natural.

EW22001_1__1__1_.jpg

Para além da estética quais as outras vantagens do pavimento flutuante?

Imagine-se a andar confortavelmente pela sua casa descalço. Impossível? Não, pois o pavimento flutuante, com o underlay adequado, oferece o conforto de um pavimento sempre com temperaturas agradáveis inclusive nos dias mais frios. Ainda assim, se pretender aumentar o conforto do seu lar com o pavimento flutuante poderá aplicar um piso radiante.

Dica: Pode sempre utilizar os tradicionais tapetes junto das áreas de lazer ou de refeição. 

2. Janelas

Como referido anteriormente para além do pavimento também o isolamento das janelas é fundamental para manter a sua casa acolhedora. Por mais modernas que sejam as suas janelas com o passar dos anos irão naturalmente aparecer pequenas entradas de ar que, por consequência podem gerar uma maior variação de temperaturas no interior da casa e nos dias mais ventosos aquele barulhinho.
Caso as suas janelas não tenham uma caixilharia recente com vidro duplo, o melhor será isolar à volta da moldura das janelas com fita emborrachada (na parte inferior da janela) ou com um enchimento profissional (mástique ou poliuretano) para fissuras à volta da moldura da janela.
A utilização de cortinas e de estores também reforça o isolamento das correntes de ar em dias mais ventosos. Por oposição, nos dias ensolarados o mais indicado é deixar a luz natural entrar.

deixar-a-luz-natura-entrar.jpg

3. Portas

Relativamente às portas de entrada da sua casa, se estiverem situadas em áreas comuns como na sala, na cozinha ou mesmo perto de um quarto, poderá ser também necessário reforçar o isolamento por baixo, pelos lados ou, em alguns casos, pela caixa de correio.
Uma das soluções mais comuns e económicas é o tradicional rolo ou rolos duplos que são fixados debaixo da porta. Nas laterais recomenda-se a utilização de um enchimento profissional para evitar correntes de ar que possam passar. No caso da caixa de correio deve utilizar-se um suporte específico para tal efeito.


4. Paredes

Por último, no que concerne às paredes, se tiver uma habitação com muita humidade deve também utilizar um desumidificador para retirar o excesso de água que existe. A humidade provoca uma sensação de mais frio e desconforto na casa. Pode também inspecionar se existem pequenas fissuras pois, apesar de pequenas devem ser corrigidas de forma a evitar possíveis entradas de humidade. 
Se houver orçamento disponível pode sempre reforçar o isolamento das suas paredes. Existem inúmeras soluções no mercado, mas nós gostaríamos de destacar uma solução portuguesa sustentável. A Granorte, uma empresa que desenvolve a partir da cortiça portuguesa revestimentos de parede que transformam a sua casa numa galeria de arte.
Coleções Decodalle, Storywall, 3D Forms com espessura de 3 mm, 4 e até 30mm vão oferecer à sua casa um conforto sem abdicar da estética da mesma. A coleção Storywall Mosaic é uma das mais apaixonante, pois combina perfeitamente o carácter tradicional da cortiça com o tema do azulejo tradicional português.

Storywall_1_.jpg
Ficou claro que investir num bom isolamento é fundamental para o conforto do seu lar e para a poupança na sua conta da energia. Se pensar bem, investir num pavimento ou num revestimento de qualidade é poupar a longo prazo.


Gostou do nosso blog?

Subscreva a nossa Newsletter! Mensalmente terá acesso a conteúdos exclusivos e novidades... Do que está à espera!?

Subscrever Newsletter

Receba a nossa newsletter